14.4.13

Mais quatro, com algum amor à mistura

76
58
The Vow (2012) Uma história  baseada em factos reais. Um acidente de carro coloca Paige em coma, e quando acorda não se lembra do marido. Apesar de todos os choques, Leo luta para conquistar o coração da amada e reconstruir o casamento. Emociona e faz-nos reflectir até que ponto um amor pode sobreviver. Nada vida real nem tudo é um mar de rosas, não é verdade?

Blue Valentine (2010) Não gostei, é depressivo. É um exercício sobre o ser humano, com falhas e fraquezas. Nem toda a gente sabe lidar com as diferenças. O que ficou: O Dead (estiloso do Ryan Gosling) a perguntar à Cindy se tinha visto o Jon Bon Jovi no supermercado. De romântico não tem nada. Perda de tempo.


The Hangover (2009) Óptimo para dar umas risadas. Homens sozinhos em Las Vegas, é claro que só podia dar barraca. E o Bradley Cooper faz parte do grupo! Entre este e o II, prefiro o da Tailândia.

Going The Distance (2010) Este é engraçado (O que me ri com o Dan!) e romântico, porém não é uma comédia qualquer: impressiona, não é chata. A temática do filme é adequada aos tempos de hoje, mostra os problemas e coloca em questão como é difícil escolher entre o amor e o objetivo de vida. Muitas vezes, por mais que o amor entre o casal seja grande, às vezes não é o suficiente para levar adiante a relação, pois envolve outros factores. E as músicas? Bonitas escolhas (Take My Breath Away, Time Of My Life,…). É um filme para aqueles que não acreditam num amor à distância, pois mostra que amor que é amor transcende qualquer latitude ou longitude.

4 comentários:

Lacorrilha disse...

Pronto, já tenho mais filmes para sacar, eheh.

Katya Pereira disse...

eu já vi o Going The Distance e adorei, o tema e toda a involvencia dos actores.

Bjs* boa semana

http://se-tu-saltas-eu-salto.blogspot.pt/

Sue disse...

Nunca vi o Going The Distance, mas agora tenho de mudar essa situação ;)

Gabriela... disse...

Dois deles já vi,os outros 2 já meti na lista.
hehe
Continua a partilhar que eu vou partilhando os meus.
Jinho