12.4.13

D'A Tua Cara Não Me É Estranha

Grande público! O público sabe. É por isso que eu gosto do programa. O Ricardo de Sá passou à final graças à vontação de casa. Ficou à frente da Diana Monteiro (é uma Luciana Abreu com mais poder), apenas por um ponto.

Nesta última gala teve de imitar o Bryan Adams, com a "Summer of 69", e sendo ela a minha canção predilecta, tenho a dizer que até não desgostei da actuação do Ricardo. A voz do Bryan Adams é tão... tão... para lá de boa, é muito difícil imitá-la.

Já agora, para mim o grande vencedor desta série, é o Francisco Menezes. Ele consegue interpretar qualquer pessoa de uma forma genial! É o João Paulo Rodrigues deste grupo. A Wanda Stuart é uma artista versátil, faz tudo muitíssimo bem. A praia da Inês Santos é o canto lírico, e quando o faz deixa uma pessoa sem ar. A Ruth Marlene fica muito mais gira sem o piercing, sem aquela roupa curta ou preta à dread. Tinha uma ideia uma bocado diferente dela, a mulher até sabe cantar. O Didelet, para não-cantor, até diverte o público. O Nicolau Breyner, esse não tem jeito para as cantigas. Como actor, como realizador é do melhor que Portugal tem, mas a cantar não impressiona.

1 comentário:

Katya Pereira disse...

concordo ctg no vencedor desta edição. posso n acompanhar o programa m sei as capacidades do Francisco =)
bjs*