22.3.13

Travels # Paris, 03.2009

Às vezes gosto de recordar, mas sem nostalgia. Recordar é avaliar, crescer, viver! Fez estes dias quatro anos que andei pela cidade da luz, completamente sozinha. O amor ao meu clube de futebol deu-me para isto. Foi nesta viagem que percebi o quão forte e serena eu sou, que em situações mais complicadas, nada programadas, muito menos imaginadas, agir de forma calma é a mais inteligente. A minha força interior surpreende-me às vezes. Vim de lá orgulhosa de mim mesma. Muito.
87
65
43
21
Claro, houve histórias: Fui assaltada, e fui assediada por parte de um recepcionista do Hotel em que fiquei hospedada (esse que me falicitou a vida por ter ficado sem dinheiro). Eu até só chegava ao Hotel depois da meia-noite, hora que ele saía, para não me deparar com ele. Ofereceu-se para me levar a conhecer a Tour Montparnasse, prédio mais alto de França, e nono da Europa. Segundo ele, o topo, 59° andar, tem a melhor vista sobre Paris. Acredito. Não quis, não aceitei e inventei uma desculpa, e depois fazia para ele não me ver. Nem no quarto estive sossegada, ainda me podia aparecer por lá! Felizmente não apareceu. Regressei a casa sã e salva.

10 comentários:

Lucy disse...

Também gosto de recordar viagens, é tão bom podermos olhar para trás e percebermos que já conhecemos uma "nova" parte de nós =)

Lacorrilha disse...

Tu tens sempre grandes histórias para contar. Eu nunca viajei sozinha, nem ao cinema fui sozinha, vê só.
Grande aventura, essa.

Sue disse...

Corajosa sim senhora ;)

S* disse...

É um dos meus sonhos... :')

► JOTA ENE ◄ disse...

Belas fotos. Gostei !

http://photoessencia.blogspot.com/

Pérola disse...

Uma cidade maravilhosa!!!

Beijinhos

Vanessa Gonçalves disse...

Antes de mais diz ao teu colega que não percebe nada disso, verde-água é uma cor muito gira!!!
Quanto a isto...grande mulher! Quando fores mais velha vais ter imensas histórias para contar, assim é que é!:)

Fashionable disse...

Oh, Paris. Estou a planear voltar lá ainda este ano, é uma cidade incrivel.

paranoiasnfm disse...

Espero ir lá um dia... :)

Paulo Nunes disse...

Estive hospedado perto do moulin rouge, nas perpendiculares! aquilo é que era assédio para eu entrar nos bares! :)