21.11.10

O tempo passa a correr!

Nós vamos crescendo e vamos passando por várias etapas na vida. A partir dos anos escolares do secundário cada pessoa segue o seu próprio rumo. Escolhemos um caminho diferente. Formamo-nos na área que queremos (ou outros por obrigação, mas não devia ser assim), começámos a trabalhar, a ganhar o nosso próprio vencimento, enquanto outros emigram, outros namoram anos e anos, e por fim começámos a frequentar casamentos. Mas quando os nossos amigos ou familiares começam a ter filhos aí o programa muda completamente de figura! Com o acompanhamento de crescimento dos bebés, das crianças, sentimos que a vida à nossa volta está a passar a correr, que estamos a envelhecer. É assim que me sinto de cada vez que olho para os filhos dos meus amigos, dos meus primos, dos meus colegas, e mais ainda para os meus dois e únicos sobrinhos.

Ontem fui a uma festa onde a minha sobrinha participou. Ela agora é atleta, deixou o futebol porque dizia que se cansava muito, e agora faz parte de uma equip
a de atletismo. E todos os anos dão um espectáculo para o público geral dentro de um pavilhão. Escolhem um tema, e fazem várias actuações. Este ano (e o primeiro dela) foi baseado na televisão, em vários programas.

Foi um serão diferente, e bem divertido. Deviam ter visto o meu pequenito sobrinho de 10 meses. Sempre que batia palmas metia a língua de fora, e abanava-se todo de alegria.

A minha sobrinha, após ter actuado veio sentar-se ao pé de nós e viu o resto do programa connosco. Ela também estava toda contente, e perguntou-me mais que uma vez se a tinha visto em cima do palco, a fazer umas acrobacias.

São momentos como estes que me enchem o coração. É tão bom sentirmos os mais próximos felizes, e fazermos parte dessa felicidade. É reconfortante para a alma, para o ego.

2 comentários:

Princesa do nada disse...

Curioso, o meu post hoje também fala no tempo.. o tempo esse velho tempo que voa desmedidamente, sem ter pena de nós...
Curioso, como o tempo trás a melancolia e com ela acresce a felicidade, essa felicidade de que falas de sentir-te feliz por ver felizes aqueles de que amas, como eu a compreendo.. compreendo-a perfeitamente, isso mostra o teu verdadeiro ser, e o quão boa pessoa és, ao amares de forma tão intensa aqueles que te rodeiam, não falo só em família, mas também os amigos..
enfim, e isto tudo por causa do tempo, aquele maroto que nos persegue, e que se adianta a nós..querendo envelhecer-nos quando só queremos ficar como estamos! :)

Beijinho Grande e resta-nos Aproveitar o tempo, e viver como se nada mais importasse.. *

Lacorrilha disse...

Mas tenho a certeza que estás a saber aproveitar bem o teu tempo.
Beijocas