9.1.14

2013, o ano

O ano 2013 foi um ano de ouro para mim. Dos melhores anos que eu já vivi, a todos os níveis, excepto os últimos dias de Dezembro que foram os piores da minha vida. Fiz tudo aquilo que me dá mais prazer. Fiz imensas viagens (Recorde: Andei 32 vezes de avião!), sozinha ou acompanhada. Vivi diversas experiências. E com isso, aprendi bastante a nível pessoal. Tirei boas lições e superei alguns desafios. Desde sempre que os “espectáculos” fazem parte do repertório da minha vida e sem dúvida que um dos pontos altos foi ter marcado presença em Coimbra, e ter visto o meu clube, pelo pé de Alan, a conquistar a Taça da Liga. Fui a imensos concertos, sete para ser exacta, outro recorde batido. Um deles resultou numa aparência num vídeoclip que tem mais de um milhão de visualizações e que pertence a um artista que se tornou tão especial. A minha família continua a mesma de sempre, é a melhor do Mundo. O amor é a coisa mais bonita que há e eu tenho a sorte de o ter das pessoas que realmente importam. Do meu círculo de amigos, eu sei com quem eu posso contar, quem é verdadeiro. Conheci pessoas incríveis, que partilham grande parte dos meus gostos e que não têm medo nem vergonha de os assumir. As lembranças são doces e eu aprecio-as. Vão prevalecer na memória até que ela um dia se apague. A vida é curta, portanto, não a devemos de maneira alguma desperdiçá-la. E eu, comcei este ano, de uma outra forma...

1 comentário:

Katya Pereira disse...

que 2014 seja entao igual ou melhor que 2013
bjs*

http://se-tu-saltas-eu-salto.blogspot.pt/