1.3.09

Festival da Canção 2009

Fiquei desiludida com o Festival da Canção deste ano. Pela primeira vez tínhamos uma actuação perfeita para levar à Eurovisão. Uma música com show de palco, com um ritmo interessante, com uma coreografia bem estudada, com uma mensagem destinada a todas as raças que existem no mundo em que vivemos, cantada em português com refrão em inglês, refiro-me à "Juntos Vamos Conseguir" da Luciana Abreu. Algo daquilo que é bem ouvido, bem visto e muito bem pontuado nessas noites europeias, só que este ano a ESC lembrou-se de inventar uma distribuição de pontos entre o público e um júri que se fez passar por distritos de Portugal, e claro, os convidados/trabalhadores da RTP pouco se manifestaram em relação à canção número 5. Por ser alguém da SIC? Por ser alguém conhecida? Por ser alguém de meter inveja a muita gente? Foi assim que venceu uma canção “sem sal” toda tradicional para ficar nas últimas posições da Semi-Final, em Maio. Ainda para mais, muito antes da noite de ontem a canção tinha sido TODA divulgada neste mundo cibernáutico. Se o Pedro Duvalle foi desqualificado, esta também deveria ter sido.

Nunca fui, nem sou fã da Lucy aka Floribella mas era ela quem merecia ir até Moscovo. Sou uma seguidora fiel deste concurso e digo-vos que quando ouvi aquele minutinho que a RTP meteu na sua página da Internet para o público escolher as 12 finalistas e, mesmo os vídeos dos ensaios dela de ontem pela Oikotimes não me despertou grande interesse. Mas esta noite, com as roupas, as luzes, o cenário todo preparado para ela actuar a sensação foi diferente, surpreendeu-me e bastante. Quando acabou de apresentar a sua canção o que me veio à cabeça foi "Até que enfim que alguém percebeu o que realmente se vê nas galas da Eurovisão! Esta actuação tem tudo para brilhar na capital da Rússia!", mas qual o meu espanto quando via a Flor-de-Lis a receber a pontuação máxima pelos jurados da RTP? Pura prejudicação! Se fosse apenas o público a eleger, como nos anos anteriores, quem ganhava a edição deste ano era mesmo a Luciana Abreu. Afinal, eles querem ou não querem ganhar por uma vez aquele concurso europeu? Não me parece, e fiquei triste e revoltada com a Rádio e Televisão Portuguesa. Não estou motivada para assistir a mais Festivais da Canção deste género; preconceituosos. Fartei-me. Grande injustiça.

Sendo assim, esta rapariga do Norte junta-se à Vânia de Oliveira que esteve presente no Festival da Canção de 2006. O televoto deu a vitória à "Sei Quem Sou" e o júri à "Coisas de Nada". Como houve um empate, a preferida do júri é que recebeu a passagem até à Grécia. Lá, ficaram em 19° lugar, dos 23 possíveis da Semi-Final.

3 comentários:

Ana Ribeiro disse...

Faço das tuas palavras as minhas palavras. De facto a música da Luciana era perfeita, também não sou muito apreciadora dela mas desta vez surpreendeu-me. A música era realmente fantástica, no entanto, as pessoas continuam a votar mal e a votar nas piores músicas.

Veremos em Maio o resultado desta escolha.

Beijinhos

Patricia disse...

eu acabei por adormecer enquanto via o programa... mas às nossas músicas falta sempre qualquer coisa... não achas?

bjs

Unknown disse...

Discordo! :)

A Luciana a imitar o slogan do Obama não me convenceu mesmo nada! Gostei bastante da música que ganhou e acredito que poderá ter uma boa classificação.

Kisses